Manda Notícias

Hoje é dia do repórter

Hoje é dia do repórter

por
18 18 people viewed this event.

Hoje, 16 de fevereiro, é comemorado o Dia do Repórter, a data celebra a profissão encarregada de apurar fatos, investigar acontecimentos e comunicar informações de interesse da sociedade. O ofício de repórter está presente em diversos meios de comunicação como televisão, rádio, jornal e veículos internet.

O início desta profissão aconteceu em 1442, quando Johannes Gutenberg revolucionou a comunicação no mundo, ao inventar máquinas de impressão. A invenção foi essencial para imprimir os jornais em grande escala, facilitando a divulgação de informações. Com a popularização dos jornais, a profissão de repórter foi fundamental para a produção de notícias.

No Brasil, os primeiros jornais de carácter noticioso surgiram apenas no século 19, como o Estado de São Paulo e o Jornal do Brasil. Antes deste período, os jornais publicavam conteúdos utilizando a opinião do jornal para como base para escrever as notícias. Com a mudança no formato jornalístico das redações, a figura do repórter se tornou fundamental para criar reportagens que atendam aos interesses da sociedade, através de investigações e pesquisas.

Um dos primeiros repórteres a ser conhecido no Brasil foi Euclides da Cunha, devido a sua cobertura da Guerra de Canudos, para o jornal Estado de São Paulo em 1896. Durante a reportagem, Euclides entrevistou presos, pesquisou sobre personagens da guerra, como Antônio Conselheiro, e narrou para o jornal os fatos que aconteceram durante o conflito. A reportagem repercutiu de forma tão positiva que tornou-se o livro “Os Sertões” em (1902).

Atualmente existem inúmeros veículos de comunicação espalhados no Brasil, que trabalham de maneira diferente da mídia conhecida como tradicional. São veículos independentes de jornalismo periférico, que produzem conteúdos jornalísticos a partir da visão de repórteres que vivem na quebrada e relatam a complexidade de viver em territórios periféricos no Brasil. 

Conheça algumas iniciativas que trabalham pelo fortalecimento da comunicação dentro e fora das favelas do Brasil.

Periferia em Movimento é uma produtora independente de jornalismo, que produz e distribui informação dos extremos ao centro da cidade de São Paulo. A iniciativa surgiu em 2009, fundada por jornalistas da periferia paulista, Aline Rodrigues, Sueli Reis Carneiro e Thiago Borges, com o objetivo de fazer jornalismo a partir da periferia da cidade e suas complexidades, conquistando espaços que em outros momentos foram negados.  

Desenrola e não enrola: criado em 2013 por Thaís Siqueira e Ronaldo Matos, era inicialmente  um blog que produzia reportagens sobre cultura nas periferias da cidade de São Paulo. Poŕem em 2017 a iniciativa ganhou força e se tornou um portal de notícias, neste período o veículo passou a apresentar não apenas o rolê cultural das periferias, mas toda a complexidade de morar, trabalhar e viver dentro de territórios periféricos. 
Jornal Espaço do Povo: criado em 2007 por Joildo Santos, o jornal nasceu dentro do bairro de Paraisópolis, na capital paulista, através da necessidade de mostrar a realidade vivida por quem mora na periferia da cidade, algo diferente do que a mídia tradicional mostrava. O veículo surgiu com o objetivo de falar sobre os acontecimentos que influenciavam diretamente a rotina do bairro, como educação, moradia e economia, além dos pontos positivos de Paraisópolis, com a arte e cultura.

Additional Details

Autor -

Para se registrar neste evento, envie um e-mail com seus detalhes para leo.mandanoticias@gmail.com

Registre-se utilizando um e-mail: Gmail / AOL / Yahoo / Outlook

 

Data e horário

16-02-2024
 

Local

Compartilhe